Bitdefender faz parte da iniciativa No More Ransom

Bitdefender faz parte da iniciativa No More Ransom

A Bitdefende juntou-se à iniciativa No More Ransom, apoiada pela Europol, a qual contribui para a luta global contra o ransomware, a ameaça que mais cresce.

As ferramentas gratuitas desenvolvidas pela Bitdefender estão agora disponíveis, oferecendo às vítimas de ransomware a possibilidade de descriptografar seus arquivos sem ter que pagar o resgate aos cibercriminosos.

As ferramentas foram adicionadas ao nomoreransom.org, um portal on-line disponível em inglês, holandês, francês, italiano, português e russo.

“Com estimativas de ransomware induzidas perdas financeiras perto da marca de bilhões de dólares até o final de 2016, mecanismo de segurança tradicional e tecnologias ficaram aquém de uma defesa completa contra esse tipo de ameaça”, diz o chefe da Bitdefender Security Strategist, Catalin Cosoi.

De acordo com um estudo da Bitdefender realizado nos Estados Unidos no ano passado, o ransomware vem em segundo lugar entre as principais preocupações dos CIOs de médias e grandes empresas: 13,7% das empresas entrevistadas consideram o ransomware como uma ameaça difícil de ser enfrentada. Ao mesmo tempo, metade das vítimas individuais estão dispostas a pagar até US $ 500 para recuperar dados criptografados.

O malware que criptografa arquivos não só se tornou uma ameaça crescente para PCs, mas também para dispositivos que executam o Android. Durante o primeiro semestre de 2016, ransomware tornou-se a principal ameaça para o Android nos EUA, Reino Unido, Alemanha, Dinamarca e Austrália. Em geral, o maior número de relatórios de ransomware veio dos Estados Unidos, com 19,09% do total global, seguido pelo Reino Unido (11,89%) e Alemanha (9,63%).

Os cibercriminosos têm desenvolvido e disseminado, utilizando diversos vetores de ataque, um grande número de amostras de ransomware: drive-by donwloads, anexos de e-mails infectados e instaladores falsos de aplicativos são algumas das formas usadas para espalhar e infecção.

No site da iniciativa No More Ransom  é possível encontrar informações sobre o que é ransomware e como se proteger.

O site No More Ransom foi lançado em Julho de 2016 pela Polícia Nacional Holandesa e a Europol, entre outras forças policiais e fabricantes da área de segurança da informação, aperfeiçoando a cooperação entre agências do Estado e o setor privado no combate em conjunto o ransomware.

Aqui estão alguns passos que poderiam ajudar os usuários a ficarem seguros contra ransomware:

  • Use um pacote de segurança reconhecido e premiado;
  • Atualize ou atualize seu software para evitar que vulnerabilidades conhecidas sejam exploradas e usadas para infectar seu sistema;
  • Faça backup de seus dados;
  • Ative a opção “Mostrar extensão de arquivo oculta”. Isso ajudará a identificar arquivos suspeitos que foram nomeados “.ZIP.EXE” e impedir sua execução.

As empresas, entretanto, são fortemente encorajadas a:

  • Usar uma solução de segurança para endpoints;
  • Aplicar patches de atualização e correção em todos os softwares e servidores;
  • Implantar uma solução de backup;
  • Desativar arquivos de execução em locais como “AppData / LocalAppData” e implantar diretivas que restringem os usuários de execução de malware;
  • Limitar o acesso de usuários a unidades de rede mapeadas;
  • Proteger servidores de e-mail com soluções de filtragem de conteúdo;
  • Educar os funcionários na identificação de e-mails de phishing e outras técnicas de engenharia social.

Posts Relacionados

About the author

Admin administrator

O Administrador do site, responsável pelas matérias aqui vinculadas, trabalha com segurança da informação e é usuário da Bitdefender há pelo menos 10 anos.

Leave a Reply